terça-feira, 14 de junho de 2011

"Sardinha e pescadinha fritas" (Rei dos Frangos Marítimos - Rio de Janeiro, RJ)



Para entender bem o funcionamento de uma metrópole, você deve conhecer a sua região central, onde se vê de tudo um pouco.

E no caso do Rio de Janeiro não é diferente, afinal, trata-se de uma grande e importante cidade brasileira.

Seu centro é movimentado, barulhento e colorido. Mas tem uma energia gostosa, graças à beleza de seus prédios históricos datados do século XIX.

É ali, no coração financeiro da antiga capital da república, que se encontra o Beco das Sardinhas.

O beco é acolhedor e agradável, pois a Rua Miguel Couto, onde ele está situado, é fechada para carros.

Várias mesas de plástico ficam distribuídas embaixo de toldos que pertencem aos quatro bares que competem entre si vendendo o chamado frango marítimo, como é conhecida a sardinha.



O quinto bar - sem toldo - é justamente o Rei Dos Frangos Marítimos, onde comi a melhor sardinha em quase 29 anos de vida.

Para começo de conversa, ela é frita somente após o pedido do cliente, e a quantidade desejada chega rapidamente à mesa, umas sobre as outras, em travessa de alumínio.



Coma com as mãos, pois é muito mais divertido. E não se preocupe, afinal as sardinhas são tão sequinhas que os dedos não se encharcam de gordura após devorá-las.

Elas são preparadas abertas, e, por serem empanadas com fubá, ficam extremamente crocantes. Um pouco de azeite português e umas gotas do molho de limão preparado na casa conseguem deixar melhor o que já é muito bom.

A unidade custa apenas R$1,50, e, para acompanhar, o gelado chope Brahma (R$3,60 a tulipa com 280ml) cai como uma luva.

A sardinha frita oferecida no Rei dos Frangos Marítimos é fantástica.

É possível comê-la com a facilidade com que se come um balde de pipoca.



Outra especialidade do local é a pescadinha. Frita somente após o pedido, ela é empanada, carnuda e leve.

Após tirar a cabeça e as espinhas – elas saem inteiras e o que fica é somente a carne –, só tome cuidado para não exagerar na dose, pois o peixe é muito saboroso.



Cada unidade custa R$11 e satisfaz uma pessoa, ainda mais se for acompanhada do ótimo arroz com brócolis (R$10,50 a porção pequena e R$17 a porção grande) e da salada de maionese com batatas (R$8,50 no tamanho menor e R$14 no maior).

O arroz é bem temperado com alho e os brócolis estão ali aos montes.



A excelente salada de maionese com batatas é finalizada com salsinha e com ovos cozidos picados, formando uma trinca perfeita com o arroz com brócolis e a pescadinha.



O Rei dos Frangos Marítimos é um restaurante tradicional e com atendimento solícito. É muito frequentado por quem trabalha na região e remete às imagens dos bares retratados nos filmes brasileiros dos anos 70 e 80.



As porções servidas são fartas, e sua simplicidade está à mostra nas paredes de azulejo e nos seus garrafões de vinho expostos nas altas prateleiras.

Ou seja, ali não existe pretensão de ser chique, gourmet ou de ter o mínimo de requinte. A única regra é oferecer boa comida.



O cardápio tem muitas opções de saladas, legumes, peixes e camarões. E também de frango, carne de boi e sopas. O filé de peroá (R$31) e a casquinha de siri (R$10 a unidade) são outros pratos que têm grande saída.

Funciona de segunda a sábado a partir das 11 horas, e aceita cartões Visa e Mastercard.

Esta sim é uma rica tradição que os cariocas herdaram dos portugueses. Comer sardinha.

A dobradinha com o chope já foi uma feliz ideia brasileira.

Pois bem, é ali, bem no centro nervoso do Rio, que se come como um verdadeiro rei.



REI DOS FRANGOS MARÍTIMOS
Rua Miguel Couto, 139 A - Centro (Beco das Sardinhas)
Rio de Janeiro (RJ)
Tel: (21) 2233-6119

13 comentários:

  1. Eu amei esta sardinha! Quero voltar logo!

    ResponderExcluir
  2. Nenel, acompanho seu blog desde o início. Na minha simplória opinião,é o melhor blog sobre gastronomia do Brasil. Um Luís da Câmara Cascudo. Ainda bem que hoje moro em BH pra seguir suas pesquisas. Parabéns. Grande abraço. Bruno.

    ResponderExcluir
  3. Olá Bruno, como vai?

    Muito obrigado pelo comentário e pela força. O fato do blog ajudar as pessoas a escolherem lugares e comidas bacanas me deixa muito feliz.

    Espero encontrá-lo em breve por aí.

    Um grande abraço!!


    Ass: Nenel

    ResponderExcluir
  4. Putz Nenas, direto e reto eu como sardinhas dos quisques de Copacabana, aqueles antigos amarelões que mantém a porção de sardinhas a R$12 enquanto os reformados e "chiques" a oferece por uns R$25. Mas essa do Beco das Sardinhas no Centro eu nunca experimentei. Entretanto já está na lista pra próximas idas ao Rio.
    Abraço.

    www.orgastronomic.org

    ResponderExcluir
  5. Meu caro nenel, o que me faz mais feliz é saber que as dicas e os textos ótimos são tirados das experiências que vc está vivendo... Mano é isso que levamos dessa vida né?! Continue pq nós seguidores, vamos continuar aqui lendo e acompanhando as aventuras gastronômicas. Saudade meu amigo. Um grande abraço. nando.

    ResponderExcluir
  6. Hummmmm acho que vou experimentá-las, tipo, AMANHÃ...

    ResponderExcluir
  7. Nenellll, num faz isso comigo não meu filho... Fazer dar MUITA àgua na boca das pessoas, sendo que elas estão tão longe desses pratos maravilhosos, è CRIME! ... kkkkkk
    Continue assim...
    Te desejo MUITO sucesso meu anjo
    Karine guedes***

    ResponderExcluir
  8. Nenel,
    grande post! Sou apaixonado por Lisboa, onde já estive 3 vezes, e posso dizer que se você me dissesse que o Rei dos Frangos Marítimos fica lá, eu quase acreditaria. É impressionante como a herança portuguesa é forte no Rio. A comida, o ambiente, a rua. Fora a salada de batata, é tudo muito parecido! Vou guardar a dica. Abraço,
    Eduardo Girão

    ResponderExcluir
  9. Olá, Girão, tudo bem?

    Acompanhei a sua viagem a Portugal através dos seus textos e fiquei encantado com a riqueza da gastronomia daquele país. Solar dos Presuntos, Pinóquio.....

    A gente vê essa herança portuguesa, que você citou, nas sardinhas e nos belos bolinhos de bacalhau que os cariocas preparam.

    Obrigado pelo comentário e um grande abraço!!


    Ass: Nenel

    ResponderExcluir
  10. Essa pescadinha frita é um espetáculo !!! Pena que o restaurante nao esteja aberto aos domingos.
    Parabéns pela poetagem
    Godart

    ResponderExcluir
  11. Corrigindo : postagem

    ResponderExcluir