sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

"Tropeirinho" (Bar do João - Belo Horizonte, MG)



Quinta-feira é dia de feijão tropeiro em Belo Horizonte. Prova disso é que vários restaurantes oferecem PF's deste ícone da culinária mineira neste dia da semana. 

Mas seria um ato falho servi-lo apenas no horário de almoço. 

No tradicional Bar do João, na Savassi, os clientes se esbaldam com este clássico, entre um gole e outro de cerveja Antarctica (R$6), Brahma (R$6,50) e Original (R$7). 





Servido a partir das 18 horas em pratinho de plástico com colher do mesmo material, o despretensioso tropeiro custa R$6,50, e fez tanto sucesso que o proprietário João Pimenta decidiu oferecê-lo também às sextas-feiras. 





Firme, o feijão se impõe e tem a companhia de bacon em cubos, dois tipos de linguiça de porco - uma delas apimentada, que dá pungência ao prato -, torresminho crocante, couve em tiras, ovos mexidos e fatias finas de cebola, que elevam ao cubo o sabor do tropeiro. Por cima, pedaços de ovos cozidos e cheiro-verde. 





Aberto em 1985, o Bar do João aceita cartões de débito e de crédito e funciona de segunda a sábado, de meio-dia até o último cliente. 

O feijão tropeiro do João faz sucesso porque é bom e também porque acompanha muito bem uma loura gelada. 

Porque aqui em Minas é assim. O feijão tropeiro vai bem no almoço, no jantar, no petisco ou até mesmo na madrugada.

O importante é encontrar uma boa versão e ser feliz. 






BAR DO JOÃO
Rua Tomé de Souza, 810 - Savassi
Belo Horizonte (MG)
Tel: (31) 3261-9556

4 comentários:

  1. Adoro! Belas fotos....deu vontade de ir lá comer!

    ResponderExcluir
  2. Feroso Especial com 6 ovos8 de fevereiro de 2014 12:27

    Bar do Jão na quinta-feira, dia de feirinha, direto da academia de bermudinha e camiseta regata pra recuperar as calorias perdidas com a "malhação" apreciando a loura gelada e a compania dos camaradas de outrora. Na época a grana curta não permitia petiscos, o lema era ficar só no drinques e bébes.
    É isso ai cumpadi, lembranças dos anos dourados, em que as noites de maior empolgação acabavam com o nascer do sol tomando a "saideira" no postinho.

    Apesar de ter ficado fino, ainda me lembro de como era o Bar do Jão sem toldo bacana e mesinha de patrão, eita Liverpool vs Milan que entrou pra história, ná ná ná, ná ná ná.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  3. Que época clássica, Ferão! Saudades de ti, my friend.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir