terça-feira, 13 de abril de 2010

"Pernil e charuto mineiro" (Barbazul - Belo Horizonte, MG)


Pernil é uma das comidas prediletas de várias pessoas com quem converso diariamente. Aqui em Minas, esta carne é o acompanhamento ideal de clássicos como tutu e feijão tropeiro, recheia pães de queijo e está presente também na feijoada.

Na busca pelo pernil perfeito, tive a oportunidade de comer novamente o preparado no Barbazul, tradicional boteco no bairro Funcionários onde grande parte da clientela é composta por jornalistas e profissionais liberais que trabalham na região.

As peças são servidas às terças e sextas-feiras e não duram muito tempo no balcão do bar, comandado pelo simpático José Márcio Ferreira, o Marcinho, que circula incansavelmente entre as mesas da mesma maneira que fazia nos tempos em que era garçom da Kentucky Lanches, até assumir o comando, em 1993, e batizar o estabelecimento com o nome atual.

Pernil recém saído do forno

Pois bem, a porção de pernil (R$17) chega à mesa regada com o delicioso molho preparado com o próprio caldo que a carne solta durante o tempo em que assa no forno. O segredo é a retirada dos excessos de óleo e gordura e o toque de shoyu, o que faz com que o molho não se sobreponha e complemente com perfeição o sabor do porco.

Os pedaços de carne, macios e corretamente temperados, são cortados grosseiramente, servem de três a quatro pessoas, e podem ser acompanhados de pão francês fatiado (R$1 a unidade). A meia porção sai a R$10.

O pernil do bar do Marcinho, como também é conhecido o Barbazul, faz tanto sucesso que até o cantor e compositor mineiro Beto Guedes se rende ao seu encanto ao buscar sorrindo duas porções para viagem.

Vale destacar que este nobre corte do porco pode ser encomendado com antecedência ao preço de R$28 pelo quilo depois de assado.

Porção de pernil

E por falar em tira-gosto, o Barbazul é um dos melhores da cidade neste quesito. Além das 19 opções fixas, oferece um cardápio variado de petiscos especiais a cada dia da semana. A cozinha prepara três pratos diferentes de segunda a sexta, com exceção de quarta-feira, quando as opções sobem para quatro.

É neste dia que servem língua ao molho (R$14 a porção; R$8 a meia-porção), carne de panela, preparada com maçã de peito (R$14 a porção; R$8 a meia-porção), rabada com mandioca e agrião (R$17 a porção; R$10 a meia-porção) e mexido (R$9 a porção; R$5,50 a meia-porção).

O curioso é que o dia foi apelidado de “quarta sexy” graças às carnes das três primeiras opções citadas acima. O apelido foi dado em tom de brincadeira pelo jornalista Carlos Gropen quando a redação do Estado de Minas saiu da Rua Goiás, no centro, para se instalar na Avenida Getúlio Vargas, quase em frente ao Barbazul.

Na segunda-feira, o destaque fica por conta do lagarto recheado (R$17 a porção; R$10 a meia-porção), e na quinta as atenções voltam-se ao feijão tropeiro, oferecido em três tamanhos: meia-porção (R$5,50); porção (R$9,90) e tropeirão (R$14,90).

Mas a terça-feira ainda reserva uma grande surpresa a desavisados como eu. É o charuto mineiro, que apesar de ser um coadjuvante do famoso pernil, não deixa nada a desejar a quem se dispõe a experimentá-lo.

Charuto

Preparado com arroz e muita carne moída envoltos por repolho, o charuto chegou à mesa bem quente e coberto com uma generosa quantidade de molho de tomates. O tempero estava perfeito. Tinha o frescor da hortelã, o aroma do cheiro-verde, o sabor da carne e a presença do molho em sublime harmonia. A unidade é bem farta e custa R$4,50. É um tira-gosto primoroso. Dobradinha com feijão branco (R$14 a porção; R$8 a meia-porção) é a outra opção do segundo dia útil da semana.

O cardápio da casa ainda lista PFs no almoço e no jantar, sanduíches, salgados e 15 tipos de espetinhos, entre eles o misto, composto por salsichão e muçarela, a R$4,80, e o de provolone com abacaxi, que é o mais caro deles e custa R$8.

Com mesas espalhadas pela calçada e pelo salão interno, onde existe um balcão, como todo boteco que se preze, o Barbazul tem uma das paredes decorada com mais de mil garrafas de cachaça, bebida que é uma das vedetes do cardápio, que lista 60 rótulos com preços que variam de R$1,50 a R$15 a dose.

Cachaças decoram o bar

Destilados, uísques, vinhos, drinques e cervejas completam a parte do cardápio dedicada às bebidas.

Cheques são recusados e cartões Visa e Mastercard são aceitos. Funciona de segunda a sábado, de 8 horas até a saída do último cliente.

Mas atenção, a cozinha encerra os trabalhos à meia-noite. Portanto, chegue um pouco antes da mudança de dia se quiser saborear as especialidades do local.

BARBAZUL
Av. Getúlio Vargas, 216 - Funcionários
Belo Horizonte, MG

Tel: (31) 2535-3527

http://www.barbazulbh.com.br/


* Atualmente, os preços do Barbazul são os seguintes: pernil (R$18,90 a porção; R$13 a meia-porção e R$35 o quilo para encomenda). Língua ao molho e carne de panela (R$16 a porção; R$10 a meia-porção de cada). Rabada (R$19,90 a porção; R$12 a meia-porção). Mexido (R$11 a porção; R$7 a meia-porção). Feijão tropeiro (R$7 a meia-porção; R$11,90 a porção; R$16,90 o tropeirão e R$24,90 o super tropeiro). Charuto mineiro (R$5,50 a unidade). (Preços atualizados neste blog em 22 de junho de 2011)

9 comentários:

  1. Cara, que fome que deu agora!! Meu Deus!!
    Quando eu tiver em BH é esse o lugar que vamos parar pra comer e tomar umas!
    Ainda mais que é pertinho de casa.
    Genial!!!

    Abração, meu brother!

    ResponderExcluir
  2. Muito a fuder Nenas, delirei... Putz, faltou vc ter me chamado pra ir fazer este post com você. Pertim daqui de casa.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Nussa entrei na hora errada, pq deu uma fome e eu estou de dieta! uhauhauhauhaua
    Mas ainda prefiro fritas com bacon e com queijo e oregano da minha ksa uhauhuahauhau
    beijos Neneca post mara

    ResponderExcluir
  4. Esse lugar ta parecendo excelente!! em breve vou dar uma passadinha por lá!! valeu Nenel!

    ResponderExcluir
  5. deu até água na boca

    ResponderExcluir
  6. Por quê, meo deos, eu moro em Bsb, mesmo? Tá mandando muito bem, Nenas!

    ResponderExcluir
  7. Esse post ficou bem legal mesmo, Nenelito. Vou ao Barbazul, desde tempos que não lembro mais. Só não pode ficar tanto tempo sem postar. Forte abraço!

    ResponderExcluir
  8. Seu blog é sensacional, ainda pretendo visitar alguns lugares de BH pra ter matéria pro meu blog.
    Está favoritado, se der me visite:
    http://comidaludica.blogspot.com/

    Jana

    ResponderExcluir